A “Cartografia” da FSM

Introdução

Aquilo que se pode designar por Cartografia FSM, ou Cartografia da FSM, assumido de modo simbólico, ao invés de técnico, é, numa primeira dimensão, de origem institucional, composto pelo conjunto de representações espaciais do recinto da FSM, em si mesmo, seja na condição de elemento de gestão e organização (normalmente na forma de um documento interno: dimensão própria, para gestão), seja na de planta disponibilizada publicamente (dimensão própria, para divulgação), através de suportes promocionais/de divulgação, de modo a indicar qual a localização e distribuição dos vários serviços, bens ou produtos disponíveis numa dada edição da FSM. A este núcleo gráfico, pode ainda adicionar-se um outro, numa segunda dimensão “cartográfica”, de plantas ou mapas, em que surja representado, intencionalmente, o espaço de ocorrência do certame, com indicação do seu uso ou designação de “Feira” [na leitura de FSM] (dimensão externa, para leitura da cidade), ou ainda, mais especificamente embora com menor frequência, plantas gerais da cidade em que há uma representação da Feira com seu “abarracamento” (total ou parcial; dimensão externa, para reforço da FSM como marca da cidade), no utilizar de terminologia comum até ao final da primeira metade do século XX.

Esta entrada – ainda um esboço e assim tratada – fará uma súmula da “Cartografia” disponível, sendo actualizada na medida e a par da actualização (e disponibilização pública dos conteúdos) da própria WIKI. A qualidade das reproduções, estará dependente da qualidade do suporte original, que pode conter erros ou cortes de impressão, como no exemplar existente e a uso para esta WIKI, do Programa Oficial [FSM 1995].

Cartografia FSM: dimensão própria, para divulgação

Aquilo que se pode designar por Cartografia FSM

Planta [FSM 1995] (páginas centrais do Programa Oficial [FSM 1995])

Planta [FSM 1996] (páginas centrais do Programa Oficial [FSM 1996])

Planta [FSM 1998] (páginas centrais do Programa Oficial [FSM 1998])

Planta [FSM 1999] (páginas centrais do Programa Oficial [FSM 1999])

Planta [FSM 2017] (Pp. 51 de “A Feira em Revista” [FSM 2017])
Sidebar