INTERVENIENTES

Área Urbana – Núcleo de Acção Cultural de Viseu

Descrição A 17 Janeiro de 1985 é firmada a escritura pública de constituição da associação cultural sem fins lucrativos Área Urbana – Núcleo de Acção Cultural de Viseu, que recebe o primeiro subsídio do Ministério da Cultura para “instalação e início de atividades”. Foram fundadores: Ricardo Pais, José Arimateia, Firmino Guerreiro, António Ribeiro de Carvalho,… continuar »

Fórum Viseu – Serviço Municipal de Cultura e Comunicação

Descrição Confunde-se, perceptivamente, a actividade do Fórum Viseu – Serviço Municipal de Cultura e Comunicação com a da Área Urbana – Núcleo de Acção Cultural de Viseu. No entanto, a primeira resulta da assinatura do protocolo entre a Secretaria de Estado da Cultura da Câmara Municipal de Viseu e a Área Urbana (…), subscrito pela… continuar »

Luís Belo

Biografia Luís Belo nasceu em Viseu, 1987. O seu percurso académico focou-se na imagem. Em 2008, licencia-se em Artes Plásticas e Multimédia pela Escola Superior de Educação de Viseu. Nos anos seguintes trabalha num alfarrabista enquanto vence vários prémios de fotografia e vídeo. Realiza mais de três dezenas de exposições de ilustração, levando a suas… continuar »

Associação Cultural e Recreativa de Tondela [ACERT]

Descrição Formada em 1979, a ACERT cedo se assumiu portadora de um sentido de actuação pluridisciplinar, em termos das áreas artísticas, assentando a sua vertente criativa no núcleo que lhe deu origem: O TRIGO LIMPO teatro ACERT. Esta singularidade (um grupo de teatro na génese de uma associação), caracteriza a dinâmica da ACERT, influenciando decisivamente… continuar »

Cine Clube de Viseu [CCV]

Descrição A partir do site institucional do Cine Clube de Viseu: Fundado em 1955 por iniciativa de um grupo de cinéfilos viseenses, o CINE CLUBE DE VISEU teve, logo na sua primeira fase de existência, momentos altos de intervenção cultural, num período da vida do nosso país em que era difícil tal acção. Projectando filmes… continuar »

Arquivo Distrital de Viseu [ADVIS]

Descrição O Arquivo Distrital de Viseu é o principal receptáculo da documentação que permite reconstituir a história do distrito. Foi criado pelo Decreto-Lei n.º 20803 de 22 de Janeiro de 1932, que, nos termos do seu art.º 3.º, o destinou a “recolher, instalar, inventariar e facultar à consulta dos estudiosos os seguintes núcleos documentais: a)… continuar »

A.M.V.

Biografia De A.M.V. (não se podendo ainda confirmar o seu nome completo) existem referências esparsas e sobretudo visíveis ou referenciadas quanto a produções concretas no domínio do grafismo institucional, em particular, se não mesmo exclusivamente quanto a Viseu. Uma dessas criações [reproduzida supra] foi identificada e recuperada no espólio da Viseu Marca, sendo presumivelmente a… continuar »

Sidebar